Ator de 'Chiquititas' é assassinado pelo sogro

Conhecido pelo comercial “mãe, compra brócolis”, o ator Rafael Miguel foi morto a tiros neste domingo (09), em São Paulo. Na teledramaturgia brasileira, o jovem interpretou o Paçoca, na novela Chiquititas (SBT, 2013), e o pequeno Juca, em Cama de Gato (Globo, 2009). De acordo com o jornalista Luiz Bacci, Rafael, de 22 anos, foi assassinado pelo pai de sua namorada, Isabela, juntamente com os seus pais: João Alcisio Miguel, de 52 anos; e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. Em publicação em uma rede social, o apresentador do Cidade Alerta, da Record TV, ressaltou que as informações são preliminares passadas pela polícia. O crime teria sido motivado porque o sogro do ator, o comerciante Paulo Curpertino Matias, de 48 anos, não teria aceitado a notícia de que sua filha estaria grávida. Segundo o G1, o assassinato aconteceu na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, na Zona Sul da capital paulista. O autor dos disparos fugiu. O dia de Rafael Miguel

Também em uma rede social, a última publicação de Rafael Miguel foi há 10 horas. Ele exibiu uma imagem do jogo da seleção brasileira feminina de futebol, que confrontou a Jamaica na Copa do Mundo. Há uma hora, Isabela postou uma foto com fundo preto com a frase: “Estou bem, dentro do possível”. Através do personagem Juca, o jovem ator trabalhou ao lado de Heloísa Périssé e Marcello Novaes, que interpretavam seus pais. Já na novela infantil da emissora de Silvio Santos, Rafael dividiu cenas com nomes como Gabriel Santana e Filipe Cavalcante, que já prestou uma homenagem ao amigo. “Vai em paz, meu irmão… vai fazer muita falta aqui”, escreveu Cavalcante em seu perfil no Instagram. _Por:observatorio da televisao_ 

© 2020 - Blog Panorama - As notícias políticas mais importantes do Alto Sertão de Alagoas.