Alô Vacina: canal tira dúvida e recebe denúncia sobre imunização contra a Covid-19

No serviço direcionado a surdos, população pode entrar em contato pelo 0800 082 0019


A chegada da vacina contra a Covid-19 trouxe esperança aos alagoanos e intensificou a vontade de se informar sobre o assunto. Para dar mais transparência sobre os imunizantes e ajudar a esclarecer dúvidas da população de disponibilizar um canal para denúncias ligadas à vacinação, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) colocou à disposição o serviço on-line Alô Vacina, lançado nesta terça-feira (9).


A iniciativa é mais uma ferramenta disponibilizada pela Sesau para atender aos alagoanos, que terão acesso a informações seguras, passadas por uma equipe de quatro enfermeiras ligadas ao Plano de Imunização Nacional de Alagoas (PNI/AL), onde será a base do serviço on-line. Elas receberão as demandas da população de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.


Para ter acesso ao atendimento, o usuário deve telefonar para o número 0800 082 0019. A população poderá ter acesso aos principais questionamentos sobre a imunização no estado, sanar dúvidas e realizar denúncias que sejam relacionadas à imunização em Alagoas.


Com o objetivo de facilitar o acesso à informação e atuar de forma resolutiva e direta com a comunidade surda que faz uso da Língua Brasileira de Sinais, o Alô Vacina também será disponibilizado através de um número de WhatsApp 82 98705-7847. Lá, a comunidade surda poderá enviar um vídeo convencional ou realizar vídeochamadas. O atendimento será feito exclusivamente em Libras.


Nesta terça-feira (9), o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, esteve no PNI/AL para acompanhar o início dos trabalhos do Alô Vacina. O titular da Saúde Alagoas chegou a atender uma ligação de um servidor do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que o questionou quando os profissionais do Samu receberão a segunda dose do imunizante.


“O Alô Vacina é um programa muito importante para a população que está com dúvida sobre o calendário de imunização contra a Covid-19, além de fazer denúncias sobre alguma irregularidade que esteja ocorrendo no processo de vacinação. A iniciativa é mais um ato contínuo de transparência para que Alagoas continue sendo referência no combate à Covid-19, bem como no transcorrer da vacinação”, destacou o secretário Alexandre Ayres.

Fonte: Agência Alagoas

© 2020 - Blog Panorama - As notícias políticas mais importantes do Alto Sertão de Alagoas.