Integrante da oposição se passa por servidora de órgão de pesquisa, mas é identificada por moradores


Por: Ítalo Timóteo


Caso aconteceu no Assentamento Nova Esperança 2, no município de Olho d’Água do Casado. A aproximação das eleições tem feito com que muita gente tente a todo o custo a conquista do poder e em Olho d’Água do Casado não tem sido diferente. Durante o final de semana uma integrante da oposição tentou se passar por uma funcionária de um Instituto de Pesquisa para saber qual a situação da merenda que é oferecida pela gestão municipal, mas para a surpresa da mulher ela acabou sendo identificada pelos moradores do Assentamento Nova Esperança 2. De acordo com um grupo de moradores da comunidade que procuraram a reportagem do italotimoteo.com.br para denunciar o ato de politicagem. A mulher identificada como Yara, pertence a um grupo político que se declara como opositor a gestão do prefeito Zé da Emater. Na sexta-feira, 17, ela foi até ao local e iniciou uma série de perguntas sobre a merenda escolar que está sendo distribuída através do Kit Merenda. Na ocasião, ao chegar na casa da moradora Deuciane Soares, Yara percebeu que estava sendo gravada e iniciou alguns ataques verbais.

© 2020 - Blog Panorama - As notícias políticas mais importantes do Alto Sertão de Alagoas.