"Não apoio quem não teve compromisso com a cidade de Pariconha", declara Fabiano Ribeiro

Em entrevista concedida à Rádio Correio em Delmiro Gouveia, o Prefeito de Pariconha Fabiano Ribeiro fez declarações importantes sobre os rumos administrativos da cidade. Segundo o Prefeito, o atraso no desenvolvimento da cidade, acontece por dívidas herdadas das gestões anteriores, principalmente durante o período da administração de Moacir Vieira, o qual fez parte como vice-prefeito. "Herdei mais de R$ 9 milhões em dívidas com o INSS, dívidas com a Casal, PASEP e outros fornecedores. Recebi um município repleto de problemas, não tenho como apoiar o ex-prefeito pois os 'não-feitos' da gestão dele só fizeram atrasar o desenvolvimento da nossa cidade", declarou Fabiano. Sobre o período que esteve ao lado de Moacir, Fabiano ressaltou a lealdade que teve à gestão e uma mágoa nas eleições passadas. "Quando estive como vice, fui um soldado para o grupo de Moacir. Infelizmente ele não teve a honradez de me apoiar na minha segunda campanha." Sobre a sucessão municipal, Fabiano destacou que também não apoia seu atual vice-prefeito, Valmir de Zé de Moça, e que deixará a população decidir pelo próximo nome que terá seu apoio. "Respeito a decisão do Valmir, mas não posso também apoiá-lo. Iremos realizar pesquisas para que a população decida quem deverá assumir o rumo de Pariconha a partir de 2021. Existem nomes dentro do grupo que serão avaliados."

© 2020 - Blog Panorama - As notícias políticas mais importantes do Alto Sertão de Alagoas.